100 Palavras

01/03/2016

Em jeito de balanço, destaco 100 das mais de 4000 palavras utilizadas nas cem primeiras Palavras Cruzadas publicadas neste site.

Acapna: lenha seca que não faz fumo.

Acme: auge, clímax

Adrede: de propósito.

Alfombra: tapete para cobrir soalhos ou escadas.

Algor: viva sensação de frio.

Alvedrio: arbítrio, escolha

Amplexo: abraço.

Anartro: que articula mal ou não pode articular certos sons.

Anegar: alagar.

Anosia: ausência de doença.

Apetar: começar (a fruta) a apodrecer (regional).

Aporia: figura de retórica em que se simula uma hesitação, uma dúvida.

Arnela: resto de dente que fica na gengiva.

Atril: estante para suporte de livros ou pautas de música, abertos para leitura.

Avito: que procede ou herda dos avós.

Avonde: abundantemente.

Balbo: gago.

Bambúrrio: acaso feliz.

Bestunto: cabeça de pouco juízo (popular).

Bisnau: velhaco.

Bispar: ver ao longe.

Blasonar: mostrar com alarde, ostentar.

Bondar: bastar (popular).

Boto: que perdeu o gume.

Bradal: utensílio de carpinteiro que substitui a verruma, em madeira que pode rachar.

Cenho: rosto carrancudo.

Clique: grupo de pessoas ligadas por interesses obscuros comuns, súcia.

Coevo: contemporâneo.

Coifa: rede com que as mulheres envolvem o cabelo.

Crato: casta de uva, especialmente do Sul de Portugal.

Daimoso: generoso (regional).

Dislate: disparate.

Emboras: parabéns.

Emu: o maior pássaro nativo da Austrália.

Epigrama: pequena poesia satírica.

Esurino: que desperta o apetite.

Euscara: idioma basco.

Exceler: ser excelente.

Exile: pobre.

Faceto: brincalhão.

Falda: aba da montanha.

Fisema: parte do talo de algumas algas, que também tem sido designada por folha.

Fola: marulho das ondas.

Fuste: peça com que se escoram os mastros do navio.

Galopim: angariador de votos para as eleições.

Grolo: diz-se da castanha mal assada.

Hodierno: do dia de hoje.

Impante: cheio de soberba.

Incoar: começar.

Isagoge: nome que certos teólogos dão ao estudo da Bíblia.

Jaez: aparelho e adorno para bestas.

Labelo: pequeno lábio.

Ledice: contentamento.

Lenir: aliviar, suavizar.

Libelo: acusação.

Lisura: sinceridade (fig.).

Loquaz: falador.

Mamata: empresa ou administração em que dirigentes e dirigidos procuram unicamente a satisfação dos seus interesses pessoais (popular).

Marau: indivíduo astucioso.

Mareta: onda dos rios.

Marfar: ofender.

Mento: queixo.

Misantropia: aversão à convivência social.

Moleta: pedra de mármore em que se moem tintas.

Morato: bem organizado.

Nefando: que não deve dizer-se por ser execrando, abominável.

Niveal: que vive na neve.

Ombrofobia: medo patológico de chuva.

Ortolexia: forma perfeita de falar.

Paladino: defensor acérrimo (fig.).

Parere: voto de negociante sobre assunto comercial.

Patameira: chuva miúda e contínua.

Pesebre: lugar que cada cavalgadura tem na manjedoura.

Pexote: novato, inexperiente.

Preito: homenagem.

Quinau: sinal com que se marcam os erros escolares.

Ralasso: indolente (popular).

Rostro: bico das aves.

Sageza: prudência, sabedoria.

Sanha: rancor.

Sesquipedal: diz-se da palavra que tem muitas sílabas.

Sesso: traseiro (popular).

Simonia: tráfico de coisas sagradas.

Solfar: consertar as margens de uma folha de livro, rota ou gasta, colocando-a ou unindo-a com papel transparente.

Sueto: feriado escolar.

Taina: patuscada (regional).

Tandem: bicicleta para duas ou mais pessoas.

Tardoz: face tosca da pedra ou do mármore que fica voltada para o interior de uma parede.

Tartamudo: gago.

Timorato: tímido.

Tranar: atravessar a nado.

Txapela: boina tradicional dos bascos.

Uredo: comichão.

Verve: vivacidade no falar e no escrever, imaginação viva.

Vetusto: antigo.

Xordo: manco e surdo (regional).

Xurdir: fazer pela vida.

Zesto: película que divide o interior da noz em quatro partes.

Zuca: indivíduo parvo.

Zurvada: chuvada violenta (regional).

 

Curiosidade

«Ar» foi a palavra mais utilizada, aparece em 37 dos 100 passatempos.

Visto que o mesmo aconteceu no livro ‘Palavras Cruzadas com Literatura’, parece-me que está encontrada a palavra que mais sai nas Palavras Cruzadas.