L

A B C D E F G H I J L M N O P Q R S T U V X Z

Procure a pista, encontre a solução e complete as Palavras Cruzadas – Letra L

 

Lã comprida: altosa

Labirinto: Dédalo

Laço de fita com que as senhoras adornam ou prendem o cabelo: monho

Laços de crina de cavalo para armar às perdizes: alares

Ladainha: litania

Lado de um corpo entre a anca e as primeiras costelas: ilharga

Lagarta da hortaliça: eruca

Lagarta esverdeada das couves (Minho): morca

Lagoa de água salgada: lagamar

Lança curta e ferrada nas duas pontas, presa ao pulso por uma correia: arzegaia

Lança curta usada pelos bárbaros, no tempo dos Romanos: bebra

Lança que nos leilões romanos se plantava como sinal de autoridade: hasta

Lançadeira de máquina de costura: naveta

Lançar fora pela boca: bolçar

Largo: ancho 

Larva que se cria nas feridas dos animais (Bras.): ura

Lastro de poços e cisternas, feito de pedra e argamassa: massame

Latir: aulir

Latir dolorosamente: cainhar

Leão (Moçambique): simba

Legume angolano, espontâneo na época das chuvas, e de alto valor nutritivo: jimboa

Leigo que presta serviços num convento e usa o hábito de frade: donato

Leitão que ainda está de bom tamanho para assar no espeto: freamo

Leito conjugal: tálamo

Leito glaciar invadido pelo mar depois da fusão do gelo: fiorde

Lembrança súbita e extravagante: achadilha

Lenço, usado entre os Romanos, para limpar a boca e o suor do rosto: orário

Lenha seca que não faz fumo: acapna

Lentigem: sarda

Ler às avessas: tresler

Letargia ou sonolência que sobrevém no último grau do estado comatoso: cárus

Letra maiúscula: versal

Levantar (o cavalo) a cabeça, como o galo: engalar

Levantar a âncora: zarpar

Leviano: airado

Libertar do cativeiro, pagando o resgate: remir

Licor de anis: anisete

Licor que os Timorenses extraem, por incisão, dos coqueiros: tuaca

Liga de níquel e aço, cujo coeficiente de dilatação térmica é muito baixo: invar 

Liga natural de ouro e ródio: rodite

Ligamento peritoneal entre a parede abdominal e alguma víscera: meso

Lima de três quinas: limote

Língua dos Astecas (México): nauatle

Língua falada em Concão, território indiano na costa do Malabar, e em Goa: concani

Língua falada nas Antilhas: taino

Língua falada nas margens do Zaire: fiote

Língua indo-europeia falada pelos Ciganos: romani

Língua moderna da Índia, mesclada de estrangeirismos árabes e persas: urdu

Língua nacional e literária da Índia: hindi

Língua oficial da China: mandarim

Língua oficial dos Turcos, que pertence ao grupo das línguas turânicas: osmandi

Língua sagrada dos budistas, das mais antigas da Índia: páli

Linguagem confusa (ant.): aravia

Linguagem própria dos ciganos espanhóis: caló

Linha de ornato, em forma de serpente: serpe

Linha inferior da margem do rio onde começa o leito, e que a maré cobre e descobre: perau

Linha sinuosa no fundo de um vale, por onde correm as águas, e que divide os planos de duas encostas: talvegue

Líquido pestilencial que escorre de certas úlceras ou abcessos: icor

Líquidos ou despejos que correm das valetas, estábulos, etc.: sugo

Lírio branco: açucena

Livre de encargos ou de direitos senhoriais: alodial

Livro de alardo e apuramento de gente de guerra (ant.): alcaiz

Logro, burla com que alguém come à custa de um tolo (popular): tolã

Loja de negócio insignificante: futrica

Loja onde se vendem artigos estancados: estanco

Longevidade: macrobia

Louça de mesa: frasca

Lucro: rédito

Lugar alto: juga

Lugar em ponto alto de onde se vigia: atalaia

Lugar imundo: cloaca

Lugar oculto, recanto: rincão

Lugar onde as aranhas se metem: aranhol

Lugar onde habitam as divindades, segundo a mitologia grega: Olimpo

Lugar onde se tosquiam as ovelhas: tendal

Lugar público, na antiga Grécia, onde os literatos liam as suas produções: ateneu

Lugar, vila ou cidade fortificada: ópido

Lustroso, limpo: terso

Luta de atletas: ludo

Luta para experimentar forças (Alent. E Algar.): abarcas

Luzidio: nédio