O extraordinário mundo das Palavras Cruzadas interpretativas

04/10/2016

Palavras Cruzadas interpretativas

Vocabulário puro e duro ou pistas criativas que puxam mais pela cabeça?

Publiquei na net as minhas primeiras Palavras Cruzadas interpretativas (foguetes)!

O que são Palavras Cruzadas interpretativas?

São aquelas que utilizam pistas mais criativas e que puxam mais pela cabeça… fazem pensar mais… dão luta. Por exemplo, as Palavras Cruzadas do jornal Expresso são interpretativas (as mundialmente conhecidas Palavras Cruzadas do The New York Times também são interpretativas).

Como já disse, várias vezes, fui um aluno medíocre a Português e foi a parte do vocabulário que me seduziu nas Palavras Cruzadas. Se tivesse optado pela via das interpretativas talvez não tivesse descoberto a palavra «xurdir» num dicionário (só para dar um exemplo e para não falar dos livros que li)

Nos primeiros anos da minha profissão fiz algumas (poucas) Palavras Cruzadas interpretativas, com muito esforço da minha parte e, sinceramente, ficaram muito “fraquitas” (demasiado fáceis e pouco criativas)… na verdade ainda não tinha “arcaboiço” suficiente para enveredar por esse caminho.

Sempre tive a ideia de que não se aprendia nada com as Palavras Cruzadas interpretativas…

Nos últimos anos, fui olhando para esse tipo de passatempos com outros olhos.

Aliás, mais recentemente, tenho vindo a colocar nos meus enunciados algumas pistas mais criativas. Exemplos: a definição de «nua» passou a ser «como Eva no Paraíso» (inspirado nas primeiras Palavras Cruzadas que se publicaram em Portugal), «ler» passou a «um prazer de quem gosta de livros» e a mais “arrojada” definição para «barata» que passou a «azeitona com patas».

Palavras Cruzadas clássicas ou interpretativas?

As Palavras Cruzadas interpretativas têm a capacidade de agradar a cruzadistas mais experientes (porque saem das rotineiras pistas e obrigam a pensar) e menos experientes (porque não exigem tanto conhecimento de vocabulário).

Enquanto as Palavras Cruzadas clássicas dependem muito do conhecimento e da capacidade de memorizar, as Palavras Cruzadas interpretativas obrigam a parar para pensar, revelando-se numa interessante ginástica para o cérebro… não vou dizer que umas são melhores do que as outras… complementam-se.

São Palavras Cruzadas onde não entram símbolos químicos, prefixos e sufixos mas podem entrar provérbios, adivinhas e até anedotas… onde o entretenimento supera o conhecimento.

Este tipo de passatempo será, também para mim, um grande desafio pois terei de ser mais criativo.

E pronto… bem-vindo ao extraordinário mundo das Palavras Cruzadas interpretativas! ;-)