Uma coisa de cada vez (olha que já tens mais de 40 anos)

17/05/2016

Este ano, os trabalhos sazonais apareceram em catadupa.

É bom, claro, mas o problema é que sou só um e os trabalhos são vários… e quase todos para a mesma altura.

Parece mal estar aqui a “queixar-me” do excesso de trabalho mas há o trabalho regular, diário e semanal, que não pode falhar… lá se vão os avanços que tinha… voltarão, assim que possível… há mais de 25 anos que assim tem sido.

As solicitações para que faça sessões de Palavras Cruzadas nas escolas também aumentaram e o tempo não estica.

Palavras Cruzadas Paulo Freixinho

Há também este site (que é recente e precisa de ser “alimentado”), o meu «querido» blogue, que “implora” para que eu não o “esqueça”, coitado (sempre quero ver como é que vais arranjar tempo para publicar as dez Palavras Cruzadas que prometeste às pessoas)… e as Redes Sociais.

Pois, as Redes Sociais… que  são cada vez menos «sociais», o que me faz pensar, com maior frequência, se vale a pena andar por lá… vai valendo mas…

Voltando ao trabalho…

São alturas em que tenho de ser muito metódico e organizado.

Há que ter cuidado… não me posso distrair… mas, obviamente, tenho de ter pausas (olha que tens mais de 40 anos… 47… e, diz um estudo, a partir dessa idade deves trabalhar apenas três dias por semana)… acho bem mas não é para mim.

De qualquer forma, o Universo sabe que dou muito importância às minhas pausas e são várias ao logo do dia… leitura, caminhadas e exercício físico (não sejas mentiroso)… faço sempre que tenho tempo… (então mas não te queixas da falta dele?)… pois… e ainda tenho a música (não me digas que há temas novos?)… digo, sim.

Resumindo e concluindo, o trabalho é muito mas faz-se… sempre se fez… uma coisa de cada vez.

(não és tu que andas sempre a falar da palavra «xurdir»?… vai mas é trabalhar!)

Fui…

;-)