fbpx

Elizabeth Hurley, Brexit e Palavras Cruzadas

Elizabeth Hurley Brexit

Por Paulo Freixinho

Autor de palavras cruzadas há 30 anos, elaboro os passatempos do Público e JN, entre outros. Criei o portal de palavras cruzadas em Portugal.

29.06.2016

Elizabeth Hurley, Brexit e Palavras Cruzadas

 

No dia anterior ao referendo que levou o Reino Unido ao «Brexit», Elizabeth Hurley, nas Redes Sociais, apelava ao voto no «sair».

Dias depois, a jornalista Vilma Gryzinskida escreveu sobre isso na sua coluna da revista brasileira «Veja»:

O escritor George Orwell escreveu na linha inicial de um ensaio sobre a Inglaterra, O Leão e o Unicórnio, um dos introitos mais simples e espetaculares de sua obra genial: “Enquanto eu escrevo, seres humanos altamente civilizados voam acima da minha cabeça, tentando me matar”.

Era, evidentemente, a II Guerra Mundial. Ele fala sobre características nacionais dos ingleses, com pedido de desculpas a escoceses e irlandeses, como os dentes estragados, a falta de dotes artísticos, o “horror ao pensamento abstrato”, o amor pelas flores e pelas palavras cruzadas.

Para ler a notícia completa, siga a ligação (Veja):

Será que a culpa foi dela? Pretextos absurdos para o Brexit

Palavras Cruzadas relacionadas:

Palavras Cruzadas sobre o Brexit

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Palavras Cruzadas por email

Palavras Cruzadas por email

Junte-se à nossa comunidade de amigos que adoram Palavras Cruzadas e receba regularmente, passatempos, novidades, truques e dicas.

Recebido. A melhor decisão que já tomou!

Pin It on Pinterest

Share This