Os computadores não conseguem vencer nas Palavras Cruzadas

Grelha de Palavras Cruzadas de Will Shortz

Por Paulo Freixinho

Autor de palavras cruzadas há 30 anos, elaboro os passatempos do Público e JN, entre outros. Criei o portal de palavras cruzadas em Portugal.

12.03.2016

Will Shortz afirmou, em 1999, que os computadores nunca substituiriam os humanos na resolução das Palavras Cruzadas.

Em resposta a essa afirmação, Michael L. Littman e os seus alunos juntaram-se para criar o Proverb, um programa informático que conseguiu, num universo de 370 jogos, resolver Palavras Cruzadas em menos de 15 minutos com uma percentagem de sucesso que variou entre os 95% e 98%, dependendo do grau de dificuldade.

Chegou-se à conclusão de que quanto mais criativas fossem as Palavras Cruzadas mais difícil ficaria para o computador… nesse caso, a inteligência artificial perde para os humanos… parece-me óbvio.

Mas queremos mesmo que um computador nos substitua no «cruziscar»?… eu não!

Notícias relacionadas:

Consegue a inteligência artificial ganhar qualquer jogo? Não (Notícias ao Minuto)

Duke Researchers Pit Computer Against Human Crossword Puzzle Players (ScienceDaily)

Proverb, the Crossword-Solving Computer Program (American Crossword Puzzle Tournament)

Michael L. Littman (Wiipédia)

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pin It on Pinterest

Share This