fbpx

O novo site de Palavras Cruzadas

website palavras cruzadas

Por Paulo Freixinho

Autor de palavras cruzadas há 30 anos, elaboro os passatempos do Público e JN, entre outros. Criei o portal de palavras cruzadas em Portugal.

08.06.2020

Hoje é um dia que se quer memorável, este site dedicado às Palavras Cruzadas está de volta!
Já tínhamos saudades.

Falo no plural porque por detrás deste site há uma história de Amizade entre dois Amigos de infância, vizinhos… eu e o Rui. Curiosamente, o meu primeiro amigo.

A origem do site de Palavras Cruzadas

Foi o Rui quem um dia me “convenceu” que o meu trabalho era meritório de ser conhecido, muito antes das Redes Sociais.

Foi o Rui quem tratou de adquirir o domínio palavrascruzadas.pt.

Eu tratei de adquirir um software onde fosse possível criar Palavras Cruzadas que pudessem ser feitas online pelos utilizadores e que não ficássemos limitados a um PDF ou uma mera imagem para imprimir.

Optei pelo Crossword Compiler.

O Rui começou a tratar do template do site, eu comecei a criar conteúdos.

Uma referência

Estávamos apostados em criar um portal de Palavras Cruzadas que se tornasse numa referência.

Eu tinha um blogue que era já uma referência mas a ideia era criar um site muito mais completo, útil e prático de utilizar.
Sabia que muitos cruzadistas iam ao Google procurar pelas soluções de algumas pistas mais difíceis pelo que o Dicionário de Palavras Cruzadas foi o primeiro conteúdo a ser trabalhado.

Enquanto o dicionário ia crescendo, comecei a criar algumas Palavras Cruzadas. Era o meu primeiro contacto com o Crossword Compiler, aliás, era o meu primeiro contacto com um software que alterasse a forma de partilha dos passatempos que criava até então.

Agosto, dia 17, ano 2015. Carregava as primeiras Palavras Cruzadas para o portal…

Uma das apostas do portal seria também criar artigos que ajudassem os cruzadistas com mais ou menos experiência e, claro, falar sobre o meu trabalho e tudo o que tinha conseguido até à data ou não estivesse eu a comemorar 25 anos de cruciverbalista.

Foi um mês e meio de muito trabalho e aprendizagem…

O lançamento do palavrascruzadas.pt

O portal arrancou no dia 1 de outubro de 2015, no dia do meu aniversário.

Tinha um dicionário, oito Palavras Cruzadas online e 17 artigos. Não era muita coisa mas já era um começo e tinha já alguns conteúdos que se revelaram verdadeiros campeões de visualizações: o Dicionário e as Dicas para criar ou fazer Palavras Cruzadas…

Começava a “aventura”.

Demora algum tempo até que um site ou blog seja indexado pelos motores de busca pelo que, no primeiro mês de existência deste portal, as visitas vieram maioritariamente do Facebook (onde tinha eu já tinha algum “público”).

Resultados do primeiro mês:
Mais de 1500 utilizadores, mais de 3000 sessões e cerca de 10 000 visualizações.

E o site lá foi fazendo o seu caminho, com novas rubricas como Palavras Cruzadas Domingueiras (grelha maior, 15×15), Palavras Cruzadas Temáticas, colaborações, uma página dedicada aos livros que li, entre outras “coisitas”.

O Crescimento

Ao fim de seis meses já tínhamos um portal com muitas notícias relacionadas com o tema do cruzadismo e mais de 150 Palavras Cruzadas online utilizadas por mais de 10 mil pessoas.

O site estava a crescer.

O crescimento não foi maior porque surgiram uns problemas informáticos que chegaram a fazer com que se interrompesse a publicação das «Palavras Cruzadas Diárias».

Recuperado dos primeiros “achaques”, o site foi subindo posições no principal motor de busca, chegando com naturalidade à 1.ª posição, onde se manteve durante longos períodos.

Entretanto, comecei a publicar as Palavras Cruzadas do “Sabe Mais k(que) os teus Pais” (até então, só podiam ser feitas em papel) e publiquei as primeiras Palavras Cruzadas Interpretativas. No final do primeiro ano, o site já estava muito perto dos 30 mil utilizadores e era já uma referência. Há muito que tinha superando o meu blogue.

Volta a Portugal em Palavras Cruzadas

Para me “entreter”, no segundo ano do site, lembrei-me de criar a Volta a Portugal em Palavras Cruzadas.

Propus-me criar 280 Palavras Cruzadas dedicadas aos 278 concelhos de Portugal continental mais duas dedicadas aos Açores e à Madeira.

Coisa de “maluco”…

Passatempos muito morosos que bem me deram luta.

Tinha na ideia tentar fazer todos os passatempos durante um ano.

Eu disse que era coisa de maluco, mesmo (sem aspas), mas cedo vi que seria impossível. Afinal não sou assim tão maluco… consegui 50 e já não foi mau.

Volta a Portugal em Palavras Cruzadas - mapa 30

Estava na hora de levar mais conteúdos escolares para o portal pois a minha presença nas escolas começava a ser habitual e dava jeito ter passatempos que pudessem ser feitos online.

Clube de Palavras Cruzadas

Em 2017 criei o Clube de Palavras Cruzadas (CPC) e o portal serviu de base para os conteúdos.

Quando o site completou três anos as «palivrozadas» (Palavras Cruzadas com vocabulário dos livros que leio) passaram a ser publicadas apenas no site (até então eram publicadas em simultâneo no site e no meu “velhinho” blogue).

No final do mesmo ano criei o «Desperta para o vocabulário da Língua Portuga»: Palavras Cruzadas dirigidas aos jovens (e não só), em grelhas 7×7 (rápidas) e publicadas às 7h00. «Acordar cedo e Palavras Cruzadas fazer não sei se dá saúde mas faz o vocabulário crescer»…

Um Milhão de visitas!

2018 foi um ano de consolidação para o portal.

No primeiro trimestre chegávamos ao número redondo dos 100 mil utilizadores, o site completou três anos de existência, sempre nos lugares cimeiros, 500 Palavras Cruzadas online publicadas e no final do ano, para assinalar o Dia das Palavras Cruzadas, eram publicadas as Maiores Palavras Cruzadas online do Mundo.

E entrávamos no ano de 2019 que, por sinal, começou muito bem… no primeiro trimestre era alcançada a incrível marca de um milhão de visualizações.

Um milhão de visualizações

A paragem

Durante o ano fui publicando o máximo de passatempos que conseguia pois foi um ano de muito trabalho e de muitas idas a escolas. Mas os “problemas informáticos”, matreiros, voltaram a aparecer.

Quando fui para os Açores, onde estive uma semana a percorrer as escolas das “ilhas do triângulo” (Faial, São Jorge e Pico), já o site apresentava sinais de “doença”. Ainda consegui publicar as Palavras Cruzadas dedicadas ao Arquipélago dos Açores mas, poucos dias depois tivemos de tirá-lo da Internet.

Já não deu para assinalar os 10 anos da palavra xurdir.

Penso que o caro leitor conseguirá imaginar a tristeza que se sente num momento desses. Mais de 600 Palavras Cruzadas e centenas de outros conteúdos deixavam de estar acessíveis numa altura em que o site era muito utilizado por cruzadistas, professores e alunos…

Foi muito mau, mesmo…

Desilusão

Fiquei muito desiludido com o digital, com a informática, com a Internet… enfim.

Conseguimos recuperar os textos e pouco mais.

Se eu estivesse sozinho “nisto” tinha desistido e dedicava-me apenas ao meu “velhinho” blogue mas o Rui não quis desistir e tratou de melhorar a segurança do site. Desta vez teríamos um site https, mas a plataforma do software que utilizávamos ainda estava em http e ficámos com dúvidas.

Enquanto procurávamos outra plataforma, recomecei o Dicionário.

Porque estávamos a utilizar outro sistema de paginação, as tarefas não estavam a fluir como desejava e, dado que o meu trabalho regular começa a atrasar-se, parei.

O tempo foi passando e entrámos em 2020.

Logo a abrir, dei início ao Clube de Palavras Cruzadas na Biblioteca Municipal do Barreiro e surgiram os primeiros trabalhos sazonais. Ia falando com o Rui mas não estava a conseguir arranjar tempo para o site (na verdade, ainda estava “traumatizado”).

Entretanto, veio o “corona”…

E, entretanto, o Público avançou com as Palavras Cruzadas online.

A surpresa

Certo dia, numa das minhas pesquisas por Palavras Cruzadas na Internet, encontrei o site (que até então esteve arredado/banido do Google).

O nome do site era agora acompanhado por uma indicação de registo.

Cliquei.

Apareceu-me uma página colorida, com um ar moderno e que dava conta do seguinte: “Palavras Cruzadas por Paulo Freixinho. Registe-se para receber regularmente passatempos, truques e dicas de Palavras Cruzadas”.

Landing Page do novo site de Palavras Cruzadas

Por baixo, um botão «Subscrever!».

A página estava decorada com dois bonequinhos coloridos e divertidos. Um casal jovem. A figura masculina estava sentada junto a uma grelha de Palavras Cruzadas e a figura feminina corria para o local.

Fiquei espantado.

Telefonei ao Rui.

Disse-me que estava a aproveitar o «confinamento» para fazer um site totalmente novo utilizando os conteúdos do anterior.

O que ele me explicou a seguir foi incrivelmente inesperado… incrivelmente altruísta… o Rui há muito que seguia uma rotina a fim de recuperar o máximo de conteúdos.

Trabalhou numa nova imagem para o site (desconhecia-lhe esses dotes artísticos).

O Rui, que é do Marketing, explicou-me que tinha uma estratégia preparada para lançarmos o portal e torná-lo no melhor site de Palavras Cruzadas do mundo…

É, perante um gesto destes, fica-se sem palavras.

Lá tive de arranjar tempo para me juntar à tarefa hercúlea de recuperar centenas de conteúdos. Era o mínimo que podia fazer.

Ah! Já estávamos a ter subscritores e todos os dias o Rui, entusiasmado, mantinha-me informado quando à evolução dos números.

Apesar de haver muito mais a dizer, não vou alongar-me. Acho que já deu para perceber que o que este meu Amigo fez por mim é algo de extraordinário.

O novo site

Importa agora falar deste novo portal.

Antes de mais, está mais seguro.

Está mais moderno.

Está mais fácil de utilizar, principalmente, nos telemóveis.

Tem um Dicionário de Palavras Cruzadas que está um “mimo”… muito mais prático de pesquisar.

Os utilizadores que subscreverem o site serão os primeiros a ficar a par das novidades e, de tempos a tempos, receberão “mimos” (como ebooks grátis ou descontos, caso venham a surgir futuros produtos).

As Palavras Cruzadas online são agora disponibilizadas através da plataforma PuzzleMe, da Amuse Labs (mais fácil de utilizar, mais limpa, mais divertida, mais amigável, mais partilhável).

  • Agora pode convidar um amigo e jogar online consigo, em tempo real.
  • Quando termina o preenchimento de uma grelha, a sua prestação é classificada com pontos.
  • Pode partilhar os seus resultados nas redes sociais e desafiar os seus amigos a tentarem fazer melhor.
  • Pode fazer campeonatos com eles.

Quanto aos conteúdos…

Continuam a ser Palavras Cruzadas de autor feitas com muita dedicação e sempre com o máximo de respeito pelos milhares de cruzadistas que fazem os meus passatempos (são, obviamente, mais do que meros passatempos).

No futuro

Continuarei a:

  • criar Palavras Cruzadas em colaboração, principalmente, com pessoas ligadas à Cultura.
  • dar muita atenção aos conteúdos juvenis (principalmente aos conteúdos escolares).
  • publicar Palavras Cruzadas Interpretativas pois eu sei que têm muitos adeptos.
  • publicar Sopas de Letras (afinal, um passatempo muito popular).

O site continuará a ser a base do Clube de Palavras Cruzadas de modo a que os conteúdos possam ser utilizadas em escolas, bibliotecas e associações culturais de todo o mundo onde se fale português.

Em português e não só. Em mirandês (afinal a segunda língua oficial de Portugal), em galego (pois sei que tenho professores galegos que admiram e partilham o meu trabalho), em castelhano, inglês, e outras línguas (os passatempos bilingue são muito úteis para estrageiros que pretendam aprender Português).

Ainda me verão criar um passatempo em mandarim, já faltou mais…

De qualquer modo, o foco continuará, obviamente, a ser o riquíssimo vocabulário da língua portuguesa e continuarei a ter nos livros que leio a minha maior fonte de inspiração.

Chega de conversa e mãos à obra pois há ainda muito passatempo por recuperar.

Ah! Já recuperei as Maiores Palavras Cruzadas online em português do mundo (atenção que, devido às dimensões da grelha, o passatempo demora alguns segundos a abrir… mas julgo que valerá a espera).

Apesar de haver ainda muitos passatempos por recuperar quero que saiba que o foco estará, obviamente, nos novos conteúdos. Sim, as Palavras Cruzadas diárias estão de volta!

Estou certo que encontrará aqui motivos de interesse para voltar muitas e muitas vezes.

Espero que goste.

Finalmente…

Gostava de saber se já fez algum passatempo e o que acha do novo site?

4 Comments

  1. Helena Frontini

    Fico muito feliz por si.

    Reply
    • Paulo Freixinho

      Obrigado, Helena, por estar sempre desse lado, atenta e amiga da “causa”.
      Osculinhos,
      PF

      Reply
  2. Leonor

    Muito Bom! Parabéns e votos de muito sucesso!

    Reply

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Palavras Cruzadas por email

Palavras Cruzadas por email

Junte-se à nossa comunidade de amigos que adoram Palavras Cruzadas e receba regularmente, passatempos, novidades, truques e dicas.

Recebido. A melhor decisão que já tomou!

Pin It on Pinterest

Share This